Blog

Você esta em:capa, Blog
23/12/2015 13h48

Grupo Dammas comemora natal

Num clima de muita animação e alegria, o Grupo DAMMAS – Grupo de Apoio as Mulheres com Câncer de Mama, da Santa Casa de Misericórdia de Passos, realizou a sua festa de natal. A confraternização aconteceu no Centro de Vida Saudável do hospital e contou com a presença da mulheres que fazem tratamento e/ou acompanhamento de câncer de mama no Hospital Regional do Câncer de Passos e da equipe multiprofissional que acompanha o grupo.

Segundo a presidente do grupo, a fisioterapeuta Luna Vinhas Bueno “Foi um momento muito agradável, de festa, pois ninguém pensou em doença, e sim em celebrar a vida” frisou. Luna está a frente do grupo há um ano, e juntamente da equipe de assistentes sociais Fabiana Marques e Solange Souza, a terapeuta ocupacional Bruna Sazae, as psicólogas Larissa Dias, Grazielle Pereira e Carolina Lemos, a nutricionista Irene Sousa, a enfermeira Regina e a fisioterapeuta Danila Proença, vem realizando esse trabalho de socialização e reintegração das participantes do grupo.
 O Grupo DAMMAS se reúne todas as quintas-feiras, às 9h da manhã, no Centro de Vida Saudável e o objetivo é amenizar o enfrentamento do tratamento oncológico pela troca de experiências e melhora da autoestima.

O Grupo
O grupo Dammas é um grupo de apoio a mulheres que obtiveram diagnóstico de câncer de mama, sejam elas mulheres que já passaram pelo tratamento ou que ainda vão passar pela cirurgia de mastectomia e reabilitação. É um grupo que visa dar apoio e informações sobre o tratamento e as mudanças psicossociais geradas pela doença. Nos encontros, as participantes recebem orientações das profissionais de diversas áreas da saúde, dinâmicas interativas, palestras e eventos de socialização como passeios e confraternizações, além de trabalhos sociais como dança do ventre e ginástica. "É necessário que pessoas entendam que o grupo de apoio Dammas faz parte do tratamento contra o CA de mama, ao passo que recupera e reabilita a parte física e emocional das pacientes, fazendo com que estas retornem, dentro do possível, as suas atividades de vida diária de uma forma mais estável e equilibrada." ressaltou Luna.