Blog

Você esta em:capa, Blog
11/11/2015 09h15

HRC oferece nova opção de tratamento de tumores oculares

O Hospital Regional do Câncer de Passos (HRC) irá disponibilizar aos seus pacientes, a partir deste mês, a Braquiterapia Oftálmica com rutênio, um tipo de tratamento radioativo para tumores oculares.

No Brasil, a maioria desses casos é tratada retirando o tumor junto com o globo ocular (enucleação). No lugar, coloca-se uma prótese esférica (para dar volume) e outra estética que imita o olho. Mas agora, o HRC irá oferecer esse novo tratamento que tem como principal vantagem a preservação do globo ocular e em alguns casos, a visão. A braquiterapia oftálmica não danifica as estruturas que estão perto do tumor, como os ossos da face, pele, músculos e também não lesa os tecidos oculares como córnea, íris e cristalino, não provocando alterações estéticas. Esse procedimento é realizado sob anestesia.
A braquiterapia oftálmica é utilizada para destruir tumores intraoculares como Melanoma de Coroide, Metástase e outros tumores benignos do olho. O Melanoma de Coroide é um tumor primário intraocular mais comum em adultos, com incidência calculada em 6 casos para cada 1 milhão de habitantes.
Segundo o Oncologista Ocular Fábio Nogueira, responsável pelo serviço no HRC de Passos, a braquiterapia oftálmica é um grande avanço no tratamento de tumores oculares “Esse é o tratamento mais indicado para esses tumores, pois evita a mutilação e preserva a visão, quando possível” ressaltou. Ele ainda frisou que é importante estar atento aos sinais “Visitas periódicas ao oftalmologista e exames aumentam muito a chance de cura, se os tumores forem diagnosticados em fase inicial”.
Não há, atualmente, em Minas Gerais, um centro de tratamento para estes tumores. São poucos os centros que realizam esse procedimento no Brasil. O tratamento envolve duas pequenas cirurgias: uma de colocação e outra de retirada da placa. A equipe é multidisciplinar, formada por físicos, radioterapeutas, oncologistas, oncologista ocular, oftalmologistas, enfermeiros e outros. Uma equipe de físicos e radioterapeutas calcula o número de dias que a placa ficará implantada no olho do paciente, que recebe alta no dia da retirada da placa sempre que suas condições clínicas permitirem. Após a realização do tratamento, o paciente é periodicamente avaliado pelo oncologista e também pelo oncologista ocular para controle, com intervalos determinado por eles.
“Mais que enumerar nossa ações, queremos nos comprometer com o objetivo único de desenvolvimento com qualidade e ética acima de tudo. Respeito ao próximo, oftalmologia de qualidade e humanização no serviço prestado são as nossas metas sempre” destacou o provedor do hospital Vivaldo Soares Neto. Para mais informações sobre o novo tratamento, o telefone da Clínica de Olhos do hospital é 3529 1563.