Blog

Você esta em:capa, Blog
25/07/2014 10h00

Parque Municipal Educacional terá uso múltiplo

O Parque Municipal Educacional de Passos terá utilidade múltipla conforme o projeto encomendado pela Prefeitura ao escritório Gustavo Penna Arquiteto e Associados, de Belo Horizonte, e que foi apresentado à sociedade passense em 18 de julho, na Câmara de Vereadores. Com verba da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o parque será erguido para o desenvolvimento da escola de tempo integral no município, dentro do Programa Mais Educação, do Ministério da Educação, conforme adesão da Prefeitura no ano passado.
    Mas para aproveitar melhor os recursos e ainda solucionar o problema de deterioração que afeta o Estádio Municipal Starling Soares e a Praça de Esportes Barú de Pádua, o prefeito Ataíde Vilela ampliou a aplicação dos recursos, da ordem de R$ 15 milhões, para oferecer à sociedade um complexo educacional que alcança também as áreas de cultura, esporte e lazer. Por isso, o Parque Municipal Educacional terá – além do bloco multiuso para a ampliação da jornada escolar em Passos – teatro, ginásio poliesportivo esportivo com duas quadras, campo de futebol, piscina semi-olímpica e pistas de atletismo, skate e de caminhada.

    No final da apresentação do projeto na Câmara, com as presenças de Gustavo Penna e de Michelle Moura – da equipe de 15 arquitetos do escritório de Penna –, o prefeito Ataíde Vilela avaliou como “muito positivo (o evento conduzido pelo arquiteto)” e que “tudo ficou esclarecido” em relação ao projeto. “Eu tenho dito que o Parque Municipal Educacional será um legado para todos, que terão num só local diversas opções de atividades, sejam artísticas, culturais, educacionais, esportivas e até de lazer”, comentou o prefeito.

O PROJETO
    “A ideia de se juntar educação, lazer, esporte e cultura terá, agora, em Passos, o exemplo mais expressivo - O Parque Educacional de Passos”, escreveu Gustavo Penna na apresentação do projeto. “Este novo equipamento da cidade chega para resolver essa fundamental dimensão da cidadania, conciliando a coexistência de atividades variadas e distintas. Com uma proposta extremamente vigorosa e concisa, ele organiza os espaços no terreno em dois níveis fundamentais”, acrescentou, destacando os acessos pela Praça Francisco Salles e pela Rua Sexta Chapada.
    De acordo com Penna, o primeiro nível abriga o auditório/teatro e o campo de futebol/eventos; o segundo, com o antigo ginásio, que será revitalizado e redimensionado para receber as atividades esportivas e suas áreas de apoio. “Mediando esses dois blocos, o prédio central multiuso acolhe as funções administrativas, educacionais, refeitórios, café, lazer e serviços. Com uma grande varanda interligada, de 10m de altura, esse espaço será constituído de materiais naturais definitivos, humanizando a sua presença no conjunto.”
    “De lá se descortina a grande área do campo de futebol que, hoje, potencializado em sua utilização, como é a tendência de todos os estádios de futebol, terá a sua função ampliada para receber shows e grandes eventos. O auditório/teatro se integra ao campo de eventos de maneira contínua e natural, compartilhando a utilização dos camarins e das áreas de apoio, localizados estrategicamente. O acesso de serviços e carga e descarga também é comum às duas atividades. Uma forma única, que liga tudo, transmite a ideia da coesão que impede a compartimentação, o isolamento, revelando a sinergia e a afinidade das atividades que ali irão se desenvolver. Passos faz seu caminho”, sintetiza o arquiteto.

PROJETOS COMPLEMENTARES
    Segundo a secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Pilar Aparecida Lemos Faria, o projeto básico do Parque Municipal Educacional de Passos será entregue por Gustavo Penna à Prefeitura no fim deste mês. É por meio desse projeto que será feita a licitação dos demais projetos da obra: estrutural, hidráulico, elétrico e outros. “Nós queremos inaugurar esse parque daqui um ano e meio, dois anos”, disse o prefeito.
    Mais que um local de incentivo à cultura, ao esporte e ao lazer, o Parque Municipal Educacional irá servir para as atividades extra-classe da escola de tempo integral. Isso é o que estabelece o Programa Mais Educação, do Ministério da Educação, com os recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ao qual a Secel aderiu no ano passado e que vem sendo realizado por 12 escolas municipais.
    O bloco multiuso, que será construído no espaço entre o campo de futebol e a pista de atletismo terá salas e salões para as oficinas de artes, dança, lutas, jogos, informática, entre outras, como também para atendimento de psicólogos e pedagogos, assistência social, enfermaria e reunião de professores.
    Essas atividades já são realizadas por 12 escolas que já aderiram ao Mais Educação e serão transferidas para o parque, onde o trabalho poderá ser desenvolvido num local mais apropriado, conforme espera o prefeito. “Com a escola de tempo integral funcionando no Parque Municipal Educacional de Passos estaremos contribuindo para a melhoria da educação em nossa cidade”, afirmou Ataíde.
« Voltar para listagem dos posts