Blog

Você esta em:capa, Blog
28/03/2014 09h48

Governo apresenta projeto do trevo da MG com Arlindo Figueiredo

O governo de Minas Gerais, junto com a concessionária Nascentes das Gerais, apresentou nesta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Passos, o projeto de construção de um trevo no entroncamento da Rodovia MG-050 com a Avenida Arlindo Figueiredo. A obra, de R$ 16 milhões, deve ser iniciada no segundo semestre deste ano, segundo o diretor executivo da empresa, Joselito Rodrigues de Castro. Em resposta a pedido do prefeito Ataíde Vilela, o diretor anunciou também a duplicação de um trecho de 5,1 quilômetros da rodovia. Outras obras previstas são as construções de três passarelas, que terão suas localizações definidas pela Prefeitura. 
    O anúncio dos investimentos – com custos previstos de R$ 43 milhões (trevo e duplicação) – foi feito pelo governo de Minas Gerais, através do secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas, Carlos Melles, do diretor de fiscalização do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), João Baeta, e do presidente da Nascentes das Gerais, José Renato Ricciardi.
Eles foram recebidos pelo prefeito Ataíde Vilela e pelo presidente da Câmara, vereador Luiz Carlos do Souto Júnior, o Dentinho. Também participaram do evento o deputado estadual Antonio CarlosArantes, vereadores, entre outras pessoas.

   O trevo da MG-050 com a Avenida Arlindo Figueiredo será construído conforme a proposta de Ataíde Vilela apresentada no DER, no período em que ele ocupou o cargo de assessor da diretoria. Ataíde, que é engenheiro civil, lembrou desse pedido, observando que se tratava de uma solução técnica para uma reivindicação de usuários da rodovia e da população passense. “Quem paga o pedágio tem que fazer a travessia com segurança e rapidez”, observou.
    Para o diretor do DER, Passos merece ser contemplada com as obras por causa da história de seu povo, que sempre lutou por melhorias. Sobre a colaboração do prefeito durante dois anos como assessor do DER, João Baeta fez elogios. “É um dos grandes administradores públicosdesse país”, afirmou, citando também o trabalho de Melles e Arantes. “São homens indeléveis em advogar pelo interesse público”, disse.
TREVO EM DESNÍVEL
    De acordo com o projeto apresentado pela Nascentes das Gerais, o trevo da MG-050 com a Arlindo Figueiredo será construído no início do segundo semestre com previsão de término para o começo do ano que vem. O entroncamento terá dois níveis, com as pistas da rodovia na parte superior e o acesso e retorno para a avenida na parte inferior. As ligações serão feitas por meio de três ramos que darão acesso à rodovia e três alças de retorno para a avenida. “Todos em desnível para a segurança dos usuários e dos moradores”, conforme disse Joselito de Castro.
DUPLICAÇÃO EM PASSOS
    A duplicação da via solicitada por Ataíde Vilela está em fase de elaboração do projeto. Ela será feita a partir das imediações da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) até ao Aeroporto Municipal José Figueiredo, com vias marginais onde houver demanda de acessibilidade, por exemplo, para o Distrito Industrial II e estrada Passos-Fortaleza de Minas. Essa obra está estimada em R$ 27 milhões que, somados aos R$ 16 milhões do trevo, totalizam investimentos de R$ 43 milhões no trecho passense da rodovia.
    “E a Prefeitura de Passos irá acompanhar essas obras para que elas possam ser executadas o mais breve possível, porque os recursos estão previstos na execução orçamentária da concessionária. Portanto, precisamos que sejam aceleradas para entregá-las ao povo, já que a rodovia possui vários gargalos: de Passos para Itaú de Minas, de Itaú de Minas para São Sebastião do Paraíso”, disse Ataíde Vilela.
    O prefeito ainda ressaltou que Passos tem o direito de reivindicar porque estão sendo investidos R$ 200 milhões na duplicação entre Divinópolis e Belo Horizonte. “A duplicação torna o tráfego mais eficiente com mais conforto e segurança para os usuários”, afirmou, cobrando a mesma melhoria para Passos.
    O secretário Carlos Melles fez um breve balanço das obras em sua gestão, revelando números de investimentos da ordem de R$ 7,4 bilhões, previstos para serem aplicados de 2013 até 2015 na área de infraestrutura, incluindo um re-equilíbrio no contrato de concessão da MG-050, para a realização das obras reivindicadas por Passos e região. Sobre Ataíde Vilela, Melles também mencionou o período de sua colaboração no DER, dizendo que o prefeito é um profissional que conhece bem o assunto de transporte e obras e que prestou serviços importantes para esse órgão do governo.
 
« Voltar para listagem dos posts