Blog

Você esta em:capa, Blog
30/01/2014 11h40

Vigilância Ambiental alerta sobre riscos de dengue em Passos

A Vigilância Ambiental do Departamento de Saúde Coletiva da Secretaria de Saúde de Passos iniciou um combate intensivo contra o mosquito Aedes aegypti, o mosquito da dengue, no município. Nestes meses de temperaturas altas, chuvas esporádicas e muitas residências com moradores em viagem de férias o número de focos do inseto transmissor e o de casos suspeitos da doença se tornou alarmante. Somente neste mês de janeiro, 95 pessoas são suspeitas de terem contraído dengue.
    O grande problema, segundo o diretor de Saúde Coletiva, Michael Silveira Reis, é que parte da população ainda não compreendeu a importância de manter o combate contra o mosquito o ano todo. “A população se descuidou”, disse, explicando que por esse motivo firmou parceria com a Polícia Militar de Meio Ambiente para que os agentes de controle de endemias possam entrar nas residências em que os moradores resistem à inspeção.


 


 

    Em dois casos recentes, os agentes foram impedidos de entrar nas casas. A polícia foi chamada, fez a notificação dos moradores para que providenciassem a limpeza. Ao mesmo tempo, a Vigilância notificou as mesmas pessoas para que coloquem suas residências nos padrões aceitáveis. Caso a situação persista nestes e em outros imóveis da cidade, o departamento irá acionar o Ministério Público.
    Segundo Michael Reis, a preocupação com os riscos de dengue é maior ainda com a combinaçãode chuva, calor intenso e período de viagens. “No caso particular de Passos, várias pessoas passam férias em ranchos, sítios, chácaras, balneários ou em outras cidades. Esse fator é um agravante em razão dos depósitos fixos com água, como vaso sanitário, ralos, piscinas, calhas, lajes, entre outros depósitos como vasos de plantas e lixo, decorrentes de residências fechadas sem o devido controle e impedimento do combate pelo agente de controle de endemias”, disse o diretor.
    Através do Núcleo de Controle de Zoonoses, a Vigilância Ambiental de Passos faz inspeção emimóveis residenciais, comerciais, industriais e lotes vagos durante todo o ano. Entretanto, devido ao descuido de parte da população, ainda são encontrados focos do mosquito da dengue em praticamente toda a cidade.
    Até agora, em 2014, o Núcleo de Epidemiologia da Secretaria de Saúde notificou 95 casos suspeitos de dengue. Para confirmar a doença, as amostras do sangue dos pacientes foram enviadas para exame sorológico.
    CASOS SUSPEITOS DE DENGUE
    O maior número de suspeitas de infecção está nos bairros Colégio de Passos, com 21 casos, Bela Vista (11) e Casarão (10). Há também notificações no centro da cidade (8), Penha (7), Nossa Senhora Aparecida, Santa Luzia, Vila Rica (4), Califórnia, Polivalente (3), Cohab I e II, Novo Mundo, Recanto da Harmonia, São Benedito (2) e, com um caso cada, Aclimação, Belo Horizonte, Coimbras, Exposição, Jardim Canadá, Jardim Centenário, Monsenhor Messias, Muarama, São Francisco, Serra das Brisas e zona rural.
    Diante da situação alarmante, a vigilância criou o “telemarketing da dengue” para alertar os moradores dos bairros de maior incidência epidemiológica e também o “disque-denúncia”, através dos telefones 3522-4249 e 0800-283 4249, para que as pessoas possam denunciar quintais sujos, depósitos irregulares e outras condições que favoreçam o criatório do mosquito.
    “Nós temos feito cerca de 60 ligações por dia para as áreas com foco de dengue e pedimos para a população nos ajudar”, disse o diretor. “É um momento em que devemos aumentar a atenção para a prevenção e o combate à dengue, promovendo ações que garantirão a saúde e um ambiente sem dengue em nossas casas. Autoridades de saúde destacam que a população tem um papel fundamental no combate à dengue, já que em 80% dos casos o mosquito transmissor se reproduz dentro de casa. Ressaltam ainda que todos devem realizar o combate semanal, mantendo um ambiente seguro, evitando assim trocar as férias com a família por um leito no hospital, ou complicações maiores”, alerta Michael Reis.
Nas áreas com casos suspeitos de dengue, a Vigilância Ambiental fez o tratamento perifocal vetorial (TPVE) e aplicou o ultra-baixo volume portátil (UBV). Na próxima sexta-feira será realizado um mutirão de limpeza nos bairros com maior incidência de casos (Colégio de Passos, Bela Vista e Casarão).
    MEDIDAS CONTRA A DENGUE
    Antes de viajar, devemos tomar os seguintes cuidados:
    - Coloque uma colher de água sanitária nos ralos internos e externos;
    - Retire a água da bandeja externa da geladeira e do ar condicionado;
    - Feche as tampas dos vasos sanitários ou os vede totalmente de forma que impossibilite a entrada do mosquito da dengue para colocar seus ovos;
    - Mantenha sua piscina com tratamento adequado, seguindo orientações de especialistas ou utilize o dosador de cloro do tipo margarida;
    - Elimine ou vire de boca para baixo os pratinhos dos vasos de plantas;
    - Objetos que possam acumular água devem ser guardados em local coberto, livre da ação das chuvas.

« Voltar para listagem dos posts