Blog

Você esta em:capa, Blog
18/06/2013 16h00

Conferência da Educação em Passos

Acontece nesta quarta-feira (19), em Passos, a fase microrregional da Conferência Nacional de Educação (Conae), para que representantes de 16 municípios da área da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Passos possam discutir e levantar as demandas locais para o desenvolvimento da educação. A Prefeitura de Passos, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), e a SRE realizam a conferência no campus do Ifsuldeminas (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais), a partir das 8h. Como preparativo para a fase microrregional, a Secel e a SRE orientaram os municípios para a realização de suas próprias conferências, das quais sairiam as sugestões para o evento desta quarta-feira, que, por sua vez, irá levantar as demandas da região para a fase macrorregional e, desta, para a etapa estadual, em que serão elaboradas as propostas para a Conae, em 2014.
A Conferência Nacional de Educação foi criada pelo Ministério da Educação (MEC) para democratizar as propostas de desenvolvimento da educação no país, desde os níveis infantil e fundamental até à pós-graduação.
Neste ano, os municípios e os estados estão trabalhando com sete eixos temáticos: Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação; Educação e Diversidade; Educação, Trabalho e Desenvolvimento Sustentável; Qualidade da Educação; Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social; Valorização dos Profissionais da Educação; e Financiamento da Educação. “A expectativa que temos nesta conferência é de um cenário em que várias visões debrucem sobre o sistema de ensino e indiquem caminhos para construir e garantir qualidade e equidade na educação do nosso país. Para isso, é necessário fazermos um pacto em torno de propósitos maiores que os que temos hoje. Neste caso, o caminho parece ser o de pactuar primeiro as nossas necessidades”, diz a secretária de Educação da Prefeitura de Passos, Pilar Aparecida Lemos Faria.
O prefeito Ataíde Vilela irá participar da abertura do evento e acredita que será uma grande oportunidade para que todos possam dar sua contribuição. “É o momento mais apropriado para os gestores municipais, os professores, os pais e os próprios alunos falarem de suas propostas para melhorar a qualidade do ensino no nosso país, estado e nos municípios. E nós estamos muito confiantes de que encontraremos o caminho para desenvolver a educação, porque o desenvolvimento de um país, de uma cidade, passa pela educação de qualidade”, disse o prefeito.
A conferência microrregional irá começar com a formação da mesa diretora, com a presença do prefeito e da secretária de Educação de Passos e outros membros. Na sequência haverá um momento cultural com o estudante Otávio Dirceu Gonçalves, ganhador do Festival Literário 2014, promovido pela Secel. Otávio é aluno da Escola Municipal Professora Luzia de Abreu Silva e irá apresentar a fábula “A lebre e a tartaruga”.
A conferência irá terminar com a apresentação das propostas para cada eixo temático e a escolha dos representantes de cada segmento que participarão da etapa regional da Conae. Os segmentos são gestores, profissionais de educação, alunos e pais de alunos, dos quais serão eleitos três delegados e três suplentes para representar a região em Divinópolis, em julho.
A Superintendência Regional de Ensino de Passos abrange 16 municípios:
Alpinópolis, Bom Jesus da Penha, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Córrego Fundo, Delfinópolis, Dorefópolis, Formiga, Fortaleza de Minas, Passos, Pimenta, Piumhi, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Roque de Minas e Vargem Bonita.



Abaixo, os eixos da Conae

Eixo I – O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização
e regulação.
Eixo II – Educação e diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos.
Eixo III – Educação, trabalho e desenvolvimento sustentável: cultura, ciência,
tecnologia, saúde, meio ambiente.
Eixo IV – Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação,
condições de participação e aprendizagem.
Eixo V – Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social.
Eixo VI – Valorização dos Profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho.                                                                                                                                     Eixo VII – Financiamento da Educação: gestão, transparência e controle social dos
recursos.

« Voltar para listagem dos posts