Blog

Você esta em:capa, Blog
16/06/2016 09h00

Caxumba: vacinação é essencial na prevenção

No Brasil, recentemente, começaram a aparecer casos de caxumba que ganharam espaço nos noticiários. São crianças e adultos doentes, turmas nas escolas onde os episódios se repetem e até mesmo o complexo penitenciário da Papuda, em Brasília, teve que cancelar nos meses de fevereiro e março as visitas a algumas alas do presídio para conter a propagação do vírus.

Os episódios de caxumba costumam surgir no inverno e na primavera. Isso porque, nessas estações, o vírus responsável pela doença se propaga com mais facilidade. Assim como a gripe, a caxumba é de alto contágio e se transmite por gotículas das secreções respiratórias, que podem transitar com a saliva, tosse ou espirro.

A doença em si não é grave. Os sintomas costumam variar entre febre e inchaço das glândulas salivares. Nas crianças, costuma ser benigna, nos adultos também, mas pode ter complicações mais sérias. Em alguns casos, o quadro pode evoluir para meningite ou inflamação dos testículos e ovários. A evolução vai depender de cada paciente, mas o repouso é de praxe. Recomenda-se também que os doentes fiquem em casa por 15 dias, evitando assim a propagação da patologia.