Blog

Você esta em:capa, Blog
08/04/2016 14h42

Santa Casa realiza 1º Simpósio Sobre Inclusão de Pessoa com Deficiência

Equipe que contribuiu com o evento
Equipe que contribuiu com o evento

A Santa Casa de Misericórdia de Passos realizou nesta quarta-feira, 06 de abril, o 1º Simpósio Sobre Inclusão de Pessoa com Deficiência, uma iniciativa do setor de Gestão de Pessoas, com o objetivo de promover a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O evento aconteceu na Câmara Municipal de Passos e teve participação maciça do público presente.

O diretor administrativo da Santa Casa, Daniel Porto Soares, abriu o evento salientando a importância do encontro para a conscientização da comunidade, discutindo a importância de melhorias, atenção e principalmente a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Palestrante Eder Flávio
Palestrante Eder Flávio

Com o tema “É possível ser feliz na diversidade”, o integrante da Associaçao das Pessoas com Deficiencia Fisica de Passos -Reintegrar, Eder Flávio Barbosa, contou um pouco de suas experiências pessoais como cadeirante, e de como é possível superar as dificuldades com otimismo e bom humor. “Participar deste Primeiro Simpósio em Passos foi algo muito gratificante e produtivo, pois podemos disseminar e esclarecer muito do cotidiano e das necessidades dos portadores de deficiência, seja ela qual for, e mostrar que a superação está dentro de nós. Nós escolhemos ser felizes”, ressaltou.

Assistentes Sociais do INSS de Passos
Assistentes Sociais do INSS de Passos

As assistentes sociais do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de Passos, Eleusa Sousa de Oliveira e Fernanda Cristina de Oliveira Cheraim, discursaram sobre como as contratações de PCD (Pessoas Com Deficiência) tem dado certo, e de como novas estratégias visam aumentar ainda mais a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho. “Esse Simpósio é um grande passo na mobilização dos setores das empresas, do próprio INSS, de nossos segurados e de pessoas com deficiência em geral, que precisam encontrar, além dos seus limites, possibilidades em se engajar no mercado de trabalho”, disse Fernanda, ressaltando também a parceria com a Santa Casa. “Começamos a ter um contato mais próximo com a Santa Casa, e já enviamos alguns segurados que a gente acredita que tem potencial, e pretendemos firmar melhor essa parceria, visando melhorar cada vez mais nosso trabalho em benefício dos segurados”, finalizou.

Promotor Éder Capute
Promotor Éder Capute

Com o assunto “Estatuto de Pessoas com Deficiência, Direitos e Deveres”, o promotor Eder Capute explicou os processos da lei que beneficia os deficientes, trazendo regras e orientações para a promoção de direitos e liberdades dos deficientes, com o objetivo de garantir a essas pessoas a inclusão social e cidadania, promovendo a equiparação de oportunidades e autonomia a elas.

 

Fechando o evento, a cadeirante e jornalista do Fantástico da Rede Globo, Flávia Cintra, compartilhou seus aprendizados e superações desde o acidente que a vitimou. Flávia, com muito otimismo, contou sobre a superação que teve, salientando que todo ser humano tem a capacidade de se adaptar e vencer desafios, se reinventando e podendo viver uma vida completa e plena, com entusiamo. “É importante salientarmos que cada um tem o seu tempo. Tempo para se adaptar. Tempo para reagir. Contudo, existem muitos caminhos possíveis, e cada um vai escolher o seu, de acordo com a sua formação, idade e principalmente seus sonhos. A única pessoa que pode impedir a nossa felicidade, somos nós mesmos. Não há limites”, garantiu Flávia, que assessorou a equipe da novela “Viver a Vida”, de Manoel Carlos (exibida pela Rede Globo entre 2009 e 2010), quanto ao drama da personagem Luciana, vivida pela atriz Aline Morais, que durante a trama, teve que se adaptar a vida de cadeirante.

Jornalista Flávia Cintra
Jornalista Flávia Cintra

 

 

Ao final do evento, a organizadora, Mariana Oliveira Santos, Analista de Gestão de Pessoas da Santa Casa, fez um balanço positivo “Esse Simpósio foi muito além do que esperávamos. Lotamos o auditório, e o principal foi poder sanar as de dúvidas dos presentes sobre esse assunto, que é a inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho. Agradecemos todos os colaboradores, patrocinadores e especialmente aos palestrantes, que foram muito objetivos em seus temas, conseguindo prender a atenção de todos”, finalizou.

« Voltar para listagem dos posts